vivamelhor@aprendendoasersaudavel.com.br

Aprendendo sobre Reeducação Alimentar

Vamos aprender juntos a viver melhor, tendo os melhores hábitos para beneficiar nossa saúde!

Aprendendo Sobre Reeducação Alimentar - - Aprendendo a Ser Saudável

Aprendendo sobre Reeducação Alimentar

     Aprendendo Sobre Reeducação Alimentar

     Olá! A postagem de hoje é para quem está aprendendo sobre reeducação alimentar ou está curioso sobre a forma correta de se alimentar.

     Se você ainda não conhece nosso site, sugerimos que leia nossa postagem de apresentação, onde irá entender qual nosso objetivo e como pretendemos alcançá-lo.

     Em cada postagem do site, é adicionado a nossa Galeria de Recompensas um e-book exclusivo, com algumas informações adicionais relacionadas ao assunto abordado.

     É uma forma de sabermos quem realmente está gostando de todo o conteúdo que disponibilizamos.
     Basta se inscrever no nosso site para ter acesso a todos os  e-books

 O que é Reeducação Alimentar?

Aprendendo sobre Reeducação Alimentar - 1 - O que é Reeducação Alimentar?

Aprendendo sobre Reeducação Alimentar – 1 – O que é Reeducação Alimentar?

     A Reeducação Alimentar (R.A) é a melhor maneira de buscar uma vida mais saudável, principalmente quando associada a uma rotina de Atividades Físicas (A.F).
     Muitas pessoas consideram a reeducação alimentar como uma dieta, porém ela não deve ser tratada desta forma. Dietas geralmente são restritivas, enquanto a reeducação alimentar é a conscientização do que se deve comer e o quanto comer.

     Além disso, não é necessário se privar de nenhum alimento, apenas reduzir o que é de conhecimento geral que faz mal para a saúde e aumentar a ingestão do que faz bem.
     As pessoas que adotam a reeducação alimentar como um estilo de vida, consequentemente conseguem emagrecer e dificilmente voltam a engordar (lembre-se: adotar como estilo de vida não tem data para acabar). 

Por que fazer Reeducação Alimentar?

Aprendendo sobre Reeducação Alimentar - 2 - Por que fazer Reeducação Alimentar?

Aprendendo sobre Reeducação Alimentar – 2 – Por que fazer Reeducação Alimentar?

     De acordo com a Organização Mundial da Saúde, mais da metade da população brasileira está com excesso de peso.
     E, estar acima do peso, aumenta drasticamente as chances do desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Além de diabetes, alguns tipos de câncer, entre muitas outras.

     Esses dados são muito preocupantes, pois acabam gerando problemas para saúde pública, devido ao aumento de doenças crônicas.
     Sem contar nos problemas Psicológicos que a obesidade traz, principalmente nas mulheres e crianças, que ficam com a auto estima baixa.
     A Reeducação Alimentar não vai te privar de comer nenhum alimento. Pelo contrário, você saberá qual a quantidade certa para comer, ou seja, não passará vontade.
     A Reeducação Alimentar tem como objetivo mudar seus hábitos alimentares e seu estilo de vida.

Como fazer Reeducação Alimentar?

Aprendendo sobre Reeducação Alimentar - 3 - Como fazer Reeducação Alimentar?

Aprendendo sobre Reeducação Alimentar – 3 – Como fazer Reeducação Alimentar?

     Muitas pessoas, quando pensam em dietas, já imaginam dias de fome, “não pode comer isso”, “não pode comer aquilo”… E, com a R.A, não é assim que funciona…
     Você será auxiliado para se alimentar corretamente, de acordo com a necessidade do seu corpo, promovendo a melhoria de sua saúde. Sem se preocupar em abrir mão de comer o que gosta.
     A Reeducação Alimentar 
te ensinará qual a quantidade certa para comer, independente do alimento.

     Muitas pessoas consideram a reeducação alimentar uma dieta, mas como já foi mencionado acima, R.A não é uma dieta. É um estilo de vida, que consequentemente, te ajudará a reduzir os quilinhos a mais que te incomodam.
     Além de proporcionar diversos benefícios para o seu corpo, por meio do equilíbrio do seu organismo.

     A Reeducação alimentar é, sem dúvida, o melhor método para redução de peso, porém também exige, disciplina, persistência e um novo estilo de vida.

Reeducação alimentar é feita em duas partes principais

Aprendendo sobre Reeducação Alimentar - 4 - A Reeducação Alimentar é dividida em duas partes.

Aprendendo sobre Reeducação Alimentar – 4 – A Reeducação Alimentar é dividida em duas partes.

     A primeira parte da Reeducação alimentar é focar na mudança dos hábitos alimentares, para que o corpo utilize a gordura corporal estocada como fonte de energia. Ajudando, a quem precisa, a reduzir o peso.

     A segunda parte é a mudança do estilo de vida. Acrescentando a sua rotina alguma atividade física, auxiliando na redução de peso, caso seja necessário reduzir, e também ajudará você a manter o peso.

     Lembrando que o foco da Reeducação Alimentar é a sua saúde!

Como você engorda?

Aprendendo sobre Reeducação Alimentar - 5 - Como você engorda.

Aprendendo sobre Reeducação Alimentar – 5 – Como você engorda.

     As pessoas engordam porque consomem mais calorias do que gastam.
     Os hábitos alimentares da sociedade têm mudado com a evolução tecnológica.
     Atualmente, com a correria do dia-a-dia, as pessoas querem mais facilidade na hora de preparar um alimento. Então, dão preferência a alimentos prontos, como lanches, pizzas, alimentos industrializados…
     Além de alimentos ricos em gorduras saturadas, carboidratos, sódio e açúcar… prejudicando a saúde, seja com o aumento de peso ou com outras doenças.

     E, o sedentarismo também tomou conta da população. As pessoas dão preferências para elevadores, carros, mesmo que a distância seja curta.
     A ansiedade e o stress também ajudam com o aumento de peso, pois a maioria das pessoas acabam comendo mais que o necessário para aliviar esses fatores.

Como você pode emagrecer com a Reeducação alimentar?

Aprendendo sobre Reeducação Alimentar - 6 - Como emagrecer com a Reeducação Alimentar?

Aprendendo sobre Reeducação Alimentar – 6 – Como emagrecer com a Reeducação Alimentar?

     Para emagrecer da forma correta, seu corpo que estar em equilíbrio, para isso é necessário ter o controle de dois hormônios: Insulina e Leptina.

Insulina

     A Insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas e realiza o transporte da glicose para as células, permitindo que esta seja utilizada como fonte de energia.
     Ela também é fundamental para regular os níveis de açúcar no sangue, e responsável pelo acúmulo de gordura corporal.

     Com uma alimentação ruim, o corpo recebe altos níveis de glicose, em consequência, eleva-se os níveis de insulina. Onde o corpo força mais glicose para dentro das células, reduzindo o número de receptores, se tornando sensíveis à insulina.
     Só que este processo não ocorre nas células adiposas, as quais mantêm seus receptores intactos, fazendo toda esta gordura ser convertida em gordura corporal e armazenada, principalmente, na região abdominal.

Leptina

     A Leptina é um hormônio produzida pelas células de gordura no corpo.
     Seu principal papel é regular a quantidade de calorias que comemos e que queimamos, bem como a quantidade de gordura do nosso corpo.

     Quando temos gordura suficiente, a Leptina envia uma mensagem ao cérebro para diminuir a fome. E dá uma “ligada” na tireoide para acelerar o metabolismo e queimar o excesso de gordura.

     Mas, quando temos pouca gordura, a sinalização da Leptina se torna fraca, fazendo nosso cérebro entender que precisamos comer mais.
     Consequentemente, a tireoide diminui nosso metabolismo, para gastarmos menos energia.

Com a Reeducação Alimentar, seu corpo manterá esses dois hormônios funcionando bem, e, consequentemente, você reduzirá peso.

     Caso queiram mais informações sobre Reeducação Alimentar, aproveite e faça o download gratuito do nosso e-book, especialmente criado para vocês. (link acima)

     Esperamos que vocês tenham gostado desta primeira postagem. Como prometemos, é curta e prática.

          Se você ainda não conhece nossa página ou grupo do Facebook, os convidamos a se juntar a família “Aprendendo a ser Saudável”.

Lembrando que:
Este é um site de informações e dicas sobre Vida Saudável. Ele não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.

  Aguardamos seus comentários para podermos melhorar cada vez mais. Até a próxima!